Edilene Candido
Edilene Candido

Transporte público em Portugal: como não se perder quando chegar no país

Transporte público em Portugal: como não se perder quando chegar no país

Ao se mudar para outro país, você irá se adaptar a uma nova cultura e jeito de viver. Um dos fatores que você terá que aprender é a se deslocar pelas cidades. Você já sabe como funciona o transporte público em Portugal?

Seja para ir ao trabalho ou por lazer, entender como trafegar na cidade que você acabou de chegar é muito importante para não se perder.

Ainda mais porque você corre o risco de sair do município onde mora e chegar em outro sem saber que está mudando. E aí, como voltar para casa? Então, continue lendo este texto para saber tudo sobre o transporte público em Portugal e como não se perder quando chegar ao país!.

Índice do post:

Transporte coletivo em Portugal

Importante saber que o transporte coletivo em Portugal pode ser feito por empresas públicas ou privadas, mas a oferta pública domina a maior parte do território nacional.

Para as empresas privadas de transporte coletivo notamos mais opções em autocarros (ônibus).

Apenas duas cidades em Portugal possuem metro (diferente do Brasil, aqui é sem acento circunflexo e a sílaba tônica é o “e”, pronunciado “métro”). Então, no restante do país, o transporte coletivo é feito por autocarro, comboio e até por elétricos e funiculares.

Não se iluda que em Portugal você não precisará de carro! Se não morar nas grandes cidades, pode passar bastante sufoco aguardando opção de transporte coletivo que pode passar apenas algumas vezes ao dia, principalmente quando realizado por empresa privada.

Contudo, o transporte público, quando comparado ao Brasil, é considerado bom, eficiente e de baixo custo.

E por falar em custo, você sabia algumas cidades disponibilizam passes mensais que garantem acesso a todos transportes o mês todo sem limitação?

E para não se perder, há diversos aplicativos que ajudarão a guiá-lo pelo país.

Entenda mais sobre isto.

Os autocarros, que podem ser públicos ou pagos, são diferentes em cada cidade. Em Porto, por exemplo, os ônibus são da Sociedade Transportes Colectivos do Porto.

Autocarros

Além dos veículos públicos, existem os autocarros privados que rodam dentro das cidades – as camionetas. Tem ainda os autocarros de viagem que transportam no país todo, e também costumam ser de empresas privadas. É o transporte mais usado. Precisamos fazer um tópico dele.

Esse tipo de veículo geralmente tem ar condicionado e wi-fi, além de serem confortáveis e espaçosos. O modelo de acentos de frente um para o outro também propicia uma boa viagem entre amigos.

Confira o mapa da rede de autocarros de Porto clicando aqui.

Para fazer o pagamento, você deve estar com seu cartão carregado. Caso contrário, você não encontrará trocador. A boa notícia é que o motorista pode receber o dinheiro e te dar o troco, desde que você não forneça uma nota muito alta.

Diferentes tipos de trem em Portugal

Trem

Os trens aqui são chamados de “comboios” e são operados por uma empresa estatal, a Comboios Portugueses (CP). Existem vários tipos de trem em todo o país e para finalidades específicas. Os “Intercidades” são aqueles que fazem viagens intermunicipais diariamente.

Outro tipo de trem é o Regional ou Inter-regional, que faz ligações entre as cidades, nas principais estações das demais categorias de comboios.

O valor do bilhete varia conforme o local de assento, se irá na 1ª classe, 2ª classe ou vagão-bar. Os veículos também oferecem wi-fi gratuitamente.

Alfa-Pendular

Já o “Alfa-Pendular” é um comboio de alta velocidade, que conecta a região Sul ao Norte de Portugal. Além disso, ele possui instalações mais confortáveis e modernas, e o viajante não precisará se preocupar com tantas paradas.

Neste veículo, você terá serviço de bordo, wi-fi gratuito, fraldário e canais de áudio e vídeo. Por conta disso, os bilhetes podem ser mais caros, chegando a aproximadamente 44 euros.

Existem ainda os trens metropolitanos, apenas em Lisboa e Porto. Em cada local você encontrará quatro linhas. Em Lisboa: Sintra, Cascais, Azambuja e Sado, que ligam a outra margem do Rio Tejo.

Já em Porto, as linhas são: Aveiro, Guimarães, Braga e Caíde.

Além disso, há o comboio regional. Ele é mais rápido que os trens urbanos e complementam o sistema de transporte público entre as regiões.

Confira o mapa da rede de trem de Portugal clicando aqui.

Metrô em Lisboa e Porto

Esse tipo de transporte só existe em Lisboa e Porto.

Na capital de Portugal, Lisboa, existem 50 estações de metrô – se escreve no país sem acento, metro – e quatro linhas, que são organizadas por cores: vermelha, verde, amarela e azul.

No Norte do país, no Porto, há seis linhas de metrô, que atendem diferentes pontos da região metropolitana. São elas: Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Maia e Gondomar.

Para utilizar o metrô, seja em Lisboa ou em Porto, você deve se atentar ao valor do bilhete, que pode variar conforme a zona. Desta forma, quanto mais longe for, será uma zona mais distante e mais alto será o valor do bilhete.

Confira o mapa da rede de metrô de Porto clicando aqui.

Por exemplo, existem bilhetes que só valem para a zona que abrange a Cidade do Porto. Se você for para Braga, ele já perderá a validade quando mudar de cidade e você vai precisará adquirir outro ou pagar a diferença para o “pica”, como é chamado o segurança que confere a validação dos bilhetes.

Veja um exemplo dos valores do bilhete em Porto clicando aqui.

Elétricos em Portugal

Conhecidos como elétricos, em Portugal, os bondinhos são veículos que percorrem as ruas como forma de atração turística e de meio de transporte.

Atualmente, existem cinco linhas em funcionamento em Lisboa. Entretanto no Porto, são apenas duas linhas, a Marginal e a Restauração. Neste caso, usa-se estas linhas mais para turismo.

Os valores também variam de acordo com a localidade. Na capital, pode custar 3 euros e no Porto, 5 euros.

Valor dos transportes

Para quem mora em Porto, o passe mensal, chamado de Andante, pode ser uma boa opção, principalmente para aquelas pessoas que utilizam o trem com frequência.

Entre as opções estão que atende até três zonas diferentes por um valor mensal de aproximadamente 30 euros. No entanto, há o passe que atende todas as zonas, chamado de Metropolitana, pode custar cerca de 40 euros.

Clique aqui e confira o valor.

O Andante Mensal é um cartão que contém chip, nome, foto e data de validade. Todavia, há também a opção digital, por meio do aplicativo. Basta baixar o App Anda e criar sua conta.

Tanto turistas quanto moradores podem utilizar o Andante. Porém, no caso de pessoas que vão ficar no país por pouco tempo, elas poderão comprar o bilhete, feito de papel, e recarregar. Ele custa 0,60€.

O Andante mensal, para moradores, por exemplo, pode ser utilizado em todas as zonas, sem limite de tempo ou quantidade, seja em metrô, autocarro, comboio, elétrico ou funicular.

O mesmo tipo de serviço existe também em Lisboa. Neste caso, o nome dado ao bilhete é Navegante.

Confira o mapa da rede de metrô de Lisboa clicando aqui.

Aplicativos de transporte público em Portugal

Além de observar e se orientar pelos mapas das redes, você pode utilizar os aplicativos de transporte coletivo. O primeiro deles é o Google Maps, que fornece o trajeto dos transportes públicos e da linha que você precisa pegar para chegar onde deseja.

Ele também mostra trajetos a pé e com veículo pessoal.

Já o Moovit te apresenta qual tipo de transporte disponível você deverá utilizar, assim como o horário e o tempo de chegada, a partir da informação do seu ponto de partida e de chegada.

Específico para a região da capital tem o Lisboa Viagem, que proporciona ao usuário consultas sobre os trajetos mais curtos e as melhores opções de transporte público.

Nas cidades que não dispõem de transporte coletivo público, sugiro acessar o site das empresas e obter as opções, valores e horários.

Se você acabou de chegar em Portugal e ainda está se adaptando à vida em terras lusitanas, vou deixar um vídeo que gravei para o meu Canal do Youtube para você ver as 5 coisas que você deve fazer quando chegar em Portugal!

Até a próxima,

Edilene Gualberto.


Você também pode gostar

Quer Morar em Portugal? 7 passos para uma mudança segura!

Quer Morar em Portugal? 7 passos para uma mudança segura!

Veja os principais pontos necessários para morar em Portugal com segurança.

LER ARTIGO COMPLETO
Diferença entre Distrito, Concelho e Freguesia: um guia prático para te ajudar

Diferença entre Distrito, Concelho e Freguesia: um guia prático para te ajudar

Você sabea diferença entre Distrito, Concelho e Freguesia? Ao chegar em Portugal, nos deparamos com muitos nomes diferentes. Leia e…

LER ARTIGO COMPLETO
Volta às aulas: saiba tudo sobre a matrícula escolar e o ano letivo em Portugal

Volta às aulas: saiba tudo sobre a matrícula escolar e o ano letivo em Portugal

O ano letivo português é diferente do Brasil. Vem saber mais sobre matrícula e ano letivo nas escolas de Portugal.

LER ARTIGO COMPLETO