Edilene Candido
Edilene Candido

O que é visto e porque precisamos dele

O que é visto e porque precisamos dele

Você sabe o que é visto e porque precisamos dele?

Antes de viajar ou se mudar para qualquer país, é importante estar atento às regras de entrada e permanência naquele país. E a emissão de visto pode estar entre essas exigências.

Cada país define suas regras para entrada de estrangeiros em seu território e, por conta de alguns acordos e tratados, os brasileiros conseguem entrar em alguns países sem necessidade de visto.

No site do Itamaraty há uma tabela de vistos para cidadãos brasileiros, mas é uma lista exemplificativa e, de acordo com recomendação deles mesmo, para confirmar é necessário se informar sobre as exigências com cada país (consulte aqui).

Neste post, explico tudo sobre o visto e quando você precisará dele para não ter sua viagem ou seu plano de morar em outro país frustrado, por não cumprir as exigências necessárias.

O que é visto?

o que é visto

Visto é uma autorização concedida por um país a um estrangeiro, permitindo-lhe entrar e permanecer nesse país, desde que cumpridas algumas condições.

Geralmente, o visto é concedido mediante alguma motivação, como intenção de estudar, trabalhar, abrir um negócio ou até mesmo viver de renda no país.

Para cada tipo de visto, são solicitados documentos específicos que comprovem que o motivo alegado é verdadeiro e que as exigências do país estão sendo cumpridas. Por exemplo, ao requisitar o visto de estudante, precisará comprovar a matrícula em uma instituição portuguesa, entre outras exigências.

O visto é solicitado no consulado do país no Brasil e, caso seja aprovado, será “carimbado” no próprio passaporte.

Brasileiros precisam de visto para entrar em Portugal?

Para estadias de curta duração, os brasileiros não precisam de visto para entrar em Portugal, pois existe um acordo que permite o acesso de brasileiros ao Espaço Schengen pelo período de até 90 dias para turismo, negócios, cobertura jornalística ou missão Cultural.

Esta permissão pode ser renovada por mais 90 dias.

Lembrando que, para o final de 2022, está em prevista a entrada em vigor do ETIAS, uma espécie de autorização para entrar no espaço europeu. SAIBA MAIS AQUI.

O visto também é dispensado para cidadãos com dupla cidadania de algum país da União Europeia.

Entretanto, se seu objetivo é permanecer mais de 90 dias em Portugal ou outro país da União Europeia, o visto será obrigatório para residir legalmente no país.

Você pode ler mais em Entrada em Portugal no Portal do SEF.

Não perca um vídeo completo que gravei sobre este tema lá no meu canal do Youtube:

Vistos para morar em Portugal

Como falamos acima, Portugal não exige visto para turismo, mas, para morar em Portugal é totalmente necessário!

A segunda coisa que é importante a saber é que existem vários tipos de visto, que estão vinculados à sua motivação, como estudar, trabalhar, empreender.

Os vistos estão divididos em 2 categorias:

  • Estada temporária: autoriza a permanência no país por período inferior a 1 ano;
  • Visto de residência: autoriza a permanência por período superior a 1 ano e permite o regrupamento familiar.

Conheça todos os tipos de visto aqui para saber qual se aplica ao seu caso.

mudar para portugal planejamento

Diferença entre visto e autorização de residência

Agora que você já sabe o que é visto e por que precisa dele, vou te explicar a diferença entre o visto e a autorização de residência.

A principal diferença é o momento e onde cada um é solicitado.

O visto deve ser requerido ainda no Brasil, no consulado do país para onde pretende se mudar. Por exemplo: caso queria se mudar para Portugal, você precisará reunir toda a documentação e enviá-la ao consulado português no Brasil ou outra instituição por ele indicada, como a VSF Global.

Se aprovado, o visto é emitido com validade de 4 meses – prazo que terá para viajar para Portugal e solicitar a autorização de residência.

A autorização de residência deve ser solicitada ao chegar em Portugal, já com o visto em mãos, no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras – SEF.

A autorização de residência é um documento emitido sob a forma de um Título de Residência que permite aos cidadãos estrangeiros residir em Portugal durante um certo período de tempo ou por tempo indeterminado.

Existem dois tipos de autorização de residência: temporária e permanente.

Mas atenção: o atendimento no SEF é agendado! Alguns vistos, já saem com o link de agendamento, outros não. Caso você ainda não tenha, o agendamento poderá ser feito em qualquer direção ou delegação regional do SEF, independentemente da sua área de residência.

Sou consultora migratória e posso te ajudar em todo o processo de definição do tipo de visto e de requerimento no consulado. Clique na imagem abaixo e fale comigo.

assessoria para emissão de visto portugal

Até a próxima,

Edilene Gualberto


Você também pode gostar

Quer Morar em Portugal? 7 passos para uma mudança segura!

Quer Morar em Portugal? 7 passos para uma mudança segura!

Veja os principais pontos necessários para morar em Portugal com segurança.

LER ARTIGO COMPLETO
Transporte público em Portugal: como não se perder quando chegar no país

Transporte público em Portugal: como não se perder quando chegar no país

Ao se mudar para outro país, você irá se adaptar a uma nova cultura e jeito de viver. Um dos…

LER ARTIGO COMPLETO
Diferença entre Distrito, Concelho e Freguesia: um guia prático para te ajudar

Diferença entre Distrito, Concelho e Freguesia: um guia prático para te ajudar

Você sabea diferença entre Distrito, Concelho e Freguesia? Ao chegar em Portugal, nos deparamos com muitos nomes diferentes. Leia e…

LER ARTIGO COMPLETO