Edilene Candido
Edilene Candido

Alugar um imóvel em Portugal do Brasil

Alugar um imóvel em Portugal do Brasil

Vamos falar um pouco sobre o mercado imobiliário de Portugal e como alugar um imóvel ainda estando no Brasil?

Primeiramente, quero te contar que em terras portuguesas usamos o verbo arrendar ao invés de alugar. Por isso, neste artigo você vai encontrar as duas formas, ok?

Dito isto, vamos ao tema principal deste artigo. Alugar (ou arrendar) é uma das áreas de maior dificuldade que as pessoas têm enfrentado aqui, pois a procura tem sido maior que a oferta e a lei do mercado é implacável: poucas opções e altos valores.

Um estudo do Imovirtual afirma que 71% dos arrendatários procuram por imóvel pelo menos 5 vezes por semana.

Dentre as maiores dificuldades encontradas por quem busca um imóvel estão o alto preço do aluguel, o aumento nas exigências dos proprietários (arrendatários) e os obstáculos para encontrar um que corresponda às necessidades da família.

Ainda assim, muitas famílias optam inicialmente por uma hospedagem temporária, acreditando que ao chegar em Portugal poderão escolher com mais facilidade o imóvel para arrendar. Mas isto pode trazer muita dor de cabeça para quem já está aqui.

Por isso, minha sugestão é que os brasileiros que estão chegando incluam esta etapa no seu planejamento e aluguem o imóvel ainda do Brasil, sem sombras de dúvidas!

Neste post, vou explicar porque é importante arrendar imóvel antes de desembarcar em Portugal, as principais etapas para alugar um imóvel e como fazer isso.

Por que é importante alugar o imóvel em Portugal ainda do Brasil?

alugar imóvel em Portugal

Economia

Você já cotou quanto gastará com alojamento temporário, seja hotel, plataforma de alojamentos como AirBnbhostel ou outra opção semelhante?

E se você decidir chegar para o início da volta às aulas, ainda enfrentará alta temporada, verão e o país lotado!

Ainda que o valor dos imóveis esteja alto, o valor mensal nunca vai superar o de uma hospedagem temporária.

Além disto, chegar em um imóvel arrendado é garantir que em poucos dias estará instalado, cozinhando, organizando a vida, decidindo quais utensílios precisa ou falta, qual pacote de TV/internet vai contratar. Fora da sua casa, você terá despesas extras, refeições fora e uma adaptação ainda mais lenta.

Segurança

Conheço inúmeras famílias que entram em desespero total quando o prazo do alojamento temporário está acabando e não consegue alugar uma casa por diversos motivos.

E famílias que chegam com pouco dinheiro, reservam um quarto e ficam ali por um, dois, três meses porque não conseguem alugar um imóvel?

Arrendar um imóvel em Portugal pode ser mais difícil e demorado do que se imagina e contar com o prazo exíguo das hospedagens temporárias para resolver esta questão te deixará inseguro enquanto não estiver no imóvel definitivo.

Isto traz muitos transtornos para a família e pode comprometer todo o seu processo migratório. Imagina não ter onde morar, estando em um país novo? Imagina passar por isso com filhos e animais de estimação?

Organização da rotina da família

Sem imóvel, você não terá comprovativo de morada (comprovante de endereço), que é o Atestada da Junta da Freguesia. Este documento atesta onde você mora para todos os fins e é amplamente aceito por instituições públicas ou privadas.

Sem endereço fixo, você não poderá solicitar seu pacote de TV/Internet, definir a prestadora de serviços de luz e gás e comprar itens para casa, necessários para o conforto da família e praticidade na rotina.

Caso você tenha filhos, para matricular a criança, é preciso ter uma morada (endereço) aqui em Portugal e o agrupamento escolar em que vai estudar está atrelado a isto. Então, enquanto não arrendar sua casa, seu filho não estuda.

A vida fica parada para quem não tem casa!

Escolha

Se você entrar em desespero em busca de um imóvel, você perde a oportunidade de escolher onde morar porque se sente pressionado a aceitar aquele que te aceita e aceita suas condições.

Infelizmente, muitas famílias se submetem a morar em locais distantes dos centros, sem opções de transportes públicos eficientes, longe de escolas infantis e distante de opções para mercado de trabalho, porque não conseguiram arrendar em outro local e precisam mudar com urgência.

Uma busca com antecedência, pontual e com sua família sendo devidamente apresentada aos senhorios (proprietários), lhe dará outras opções e chances.

Principais etapas para alugar um imóvel em Portugal

alugar imóvel em Portugal

Depois de tomada a decisão sobre arrendar um imóvel, será necessário cumprir algumas etapas até que o negócio seja fechado.

As principais etapas para alugar imóveis em Portugal são:

  1. Definir a cidade em que você quer morar. Nosso kit de planejamento migratório vai te ajudar muito com isto
  2. Visitar sites especializados em arrendamento de apartamentos em Portugal
  3. Selecionar os imóveis que mais se adequam às suas necessidades e entrar em contato com os anunciantes
  4. Visitar os apartamentos (caso esteja fora de Portugal, procure ajuda de alguém que possa fazer isso por você)
  5. Preparar a documentação requisitada para fazer proposta
  6. Assinar o contrato se sua proposta for aceita

E tenha atenção quando ouvir a palavra “relocation”. Entenda porquê neste vídeo:

Como alugar um imóvel em Portugal do Brasil

Há duas formas possíveis para arrendar um imóvel em Portugal estando no Brasil.

Uma delas é iniciar o processo de busca de imóveis e documentação por conta própria. A outra é contar com assessoria jurídica especializada.

O serviço de arrendamento imobiliário, popularmente chamado por alguns de relocation, te dá a possibilidade de escolher, alugar e deixar a sua casa pronta para a chegada, através de um advogado que vive em Portugal e tem poderes para te representar no país.

Por conhecer bem o mercado imobiliário local, ao contratar este serviço você será poupado de muitas dores de cabeça como condições abusivas, imóveis em mau estado e até mesmo fraudes.

Há também muitos sites especialistas no assunto que podem te ajudar com as buscas, ajudar a conhecer o mercado imobiliário, entender como funciona a questão de garantias e ter uma estimativa do valor por região.

Conheça alguns sites:

Assessoria Jurídica Imobiliária

alugar imóvel em Portugal

A Assessoria Jurídica Imobiliária é um serviço que garante aos clientes a saída do aeroporto direto para a casa deles com toda segurança, conforto e economia.

Neste serviço, eu atuo como advogada e procuradora dos futuros inquilinos para intermediar a compra de um imóvel ou o arrendamento junto às imobiliárias portuguesas.

Isto é muito importante para sua segurança, pois assinar por procuração em Portugal sem ser advogado, pode cometer crime de procuradoria ilícita!

Com o apoio de uma equipe especializada, cuidamos de todo o processo, desde a pesquisa por opções que atendam às necessidades das famílias, até a assinatura dos contratos e ligação dos serviços essenciais de água, luz, gás, internet, tv e telefonia no imóvel. Para saber mais detalhes sobre o nosso serviço de Assessoria Jurídica Imobiliária, acesse aqui.

Depoimentos de quem não alugou ainda do Brasil

Antes de chegar em Portugal, Carolina Kair, fotógrafa, juntamente com seu esposo e sua filha, alugaram um apartamento pelo AirBnb por 3 meses e tinha certeza de que seria tempo mais do suficiente de achar um imóvel, mobilar e mudar com tranquilidade. No entanto, chegando em Portugal, tiveram uma tremenda surpresa com o mercado imobiliário e me deram um depoimento.

Leiam para entender as dificuldades que relatei acima:

Antes de vir para Portugal, fechamos um Airbnb por 3 meses, pois na minha cabeça seria tempo suficiente para ir nos “bairros”, procurar e achar um lugar para morar/arrendar. Porém, eu demorei 3 meses para  arrendar um apto. Cada hora era um empecilho. Uma hora porque não tinha três últimos recibos de vencimento, outra pq não tinha o último Imposto de renda declarado aqui em Portugal, outro pq eu tinha cachorro, outro pq eu tinha criança, outro pq tinha pessoas com renda melhor que a minha para poder fechar e dar mais meses de aluguel adiantado. Procurava em vários sites, pois aqui são poucos lugares com placas anunciando o aluguel, e quando eu separava os apto para ligar no dia seguinte cedo, já era tarde demais, dos 10 separados, 8 já haviam sido alugados e os anúncios não tirados da internet. Restavam 2 os quais caiam no mesmo de comentei. Enfim, foi uma novela! E, cinco dias antes de sair do Airbnb, achamos o nosso apto. Só que ele não foi fácil. A dona do apto queria conversar pessoalmente com a gente,  fez um questionamento, desde o motivo que estávamos vindo morar em Portugal até como meu marido é cidadão português se ele não nasceu em Portugal. Ela tbm falou na hora da conversa que haviam outras pessoas, que eram portugueses mesmo, médicos e que tinham renda superior a nossa, porém, ela iria alugar para nós pois tínhamos um prazo para sair de onde estávamos e que tínhamos uma criança. Enfim, foi uma novela. Hoje, se eu viesse para cá, não pensaria duas vezes em contratar uma assessoria de arrendamento.

Vejam também o depoimento da Michelle, que veio com marido e 2 filhos pequenos e sofreram muito até encontrar um imóvel:

Sou Michelle vim pra Portugal com a família, marido e 2 filhos de 9 e 5 anos. Viemos porque amigos nossos disseram que tudo seria fácil e melhor que no Brasil. Chegando aqui ficamos na casa deles e não nos sentimos bem no sentido de incomodar já que temos 2 filhos. Fomos atrás de quarto para alugar e aí começou o sofrimento: hostel não aceita família com crianças e, se aceitam, teríamos que alugar 2 quartos, o que fica bem caro (cada quarto a 350€). Depois de procurar muito, encontramos um hostel que nos aceitou e o aluguel do quarto foi de 600€ com estadia minima de 2 meses. Apesar de termos conseguido, o lugar não era agradável, mesmo tão caro, mas tivemos que ficar. Fomos em busca do tão sonhado apartamento e passamos dias de humilhação, pois ninguém confia ou quer ajudar quem acabou de chegar de outro pais sem documentos ou referencias no país. Foi exaustivo procurar com as crianças que acabavam adormecendo no colo de tão cansadas. Decidimos matriculá-los numa escola e a procura não foi diferente: andamos muitos dias e achamos vaga bem longe de onde estávamos. Tudo isso seria evitado se eu tivesse planejado e tido apoio de alguém que pudesse fazer tudo por nós antes de chegarmos. Não desejo para ninguém tudo que passamos e não faria novamente. Depois de muita luta e buscas, conseguimos um senhorio que teve “piedade” de nós e aceitou arrendar com garantia de 3 meses antecipados: arrendamentos um T1 por 580€. Pra nós ficou a lição de que um planejamento prévio é muito o importante.

Seja um imigrante consciente, responsável e planejado! Espero você aqui!

Para saber mais sobre o nosso serviço, entre em contato no FALE CONOSCO.

Até a próxima,

Edilene Gualberto


Você também pode gostar

Transporte público em Portugal: como não se perder quando chegar no país

Transporte público em Portugal: como não se perder quando chegar no país

Ao se mudar para outro país, você irá se adaptar a uma nova cultura e jeito de viver. Um dos…

LER ARTIGO COMPLETO
Diferença entre Distrito, Concelho e Freguesia: um guia prático para te ajudar

Diferença entre Distrito, Concelho e Freguesia: um guia prático para te ajudar

Você sabea diferença entre Distrito, Concelho e Freguesia? Ao chegar em Portugal, nos deparamos com muitos nomes diferentes. Leia e…

LER ARTIGO COMPLETO
Volta às aulas: saiba tudo sobre a matrícula escolar e o ano letivo em Portugal

Volta às aulas: saiba tudo sobre a matrícula escolar e o ano letivo em Portugal

O ano letivo português é diferente do Brasil. Vem saber mais sobre matrícula e ano letivo nas escolas de Portugal.

LER ARTIGO COMPLETO