Edilene Candido
Edilene Candido

7 motivos para o visto para Portugal ser negado

7 motivos para o visto para Portugal ser negado

Sabe aquele frio na barriga antes de enviar a solicitação de visto em que você pensa: “Será que vai dar certo?”. Para você não ter problemas, listei os principais motivos para o visto para Portugal ser negado. 

Eu sei que entrar com um pedido de visto requer muita atenção aos detalhes, provar ao governo português sua motivação e ver coerência e idoneidade na documentação enviada. 

Tenha sempre em mente que é importante que você siga todo o passo a passo para que realmente dê certo o seu pedido: documentos, cópias, motivação, taxas, prazos etc..

Veja este post até o final e evite os problemas mais comuns que levam ao indeferimento dos pedidos de visto.

Índice do post:

Não seguir as orientações dos postos consulares e da VFS Global

Antes de falar dos motivos que resultam na negativa de uma solicitação de visto, eu preciso te falar que, apesar de parecer óbvio, muitas pessoas não seguem as orientações dadas pelos órgãos responsáveis. 

Os pedidos de visto para Portugal são processados nos Centros de Solicitações de Vistos da VFS Global, parceira oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros – MNE de Portugal, mas sabemos que alguns postos consulares, consulados ou vice-consulados recebem.

É no site da VFS Global, destes consulados ou vice-consulados e também no site do MNE que você tem acesso a todas as informações necessárias para fazer seu pedido corretamente. 

Agora, você pode não conseguir seguir as orientações por diversos motivos e uma série de fatores, seja por conta de burocracias, do excesso de documentos, de não organizar na ordem correta o processo, entre outras situações. 

Solicitar o visto errado

O primeiro motivo para ter seu pedido negado é a solicitação de visto errado

Muita gente ainda faz isso porque imagina que se enquadra em um, mas o ideal é outro e monta todo o processo com base num visto enquanto este processo era adequado para outro. 

Se você não tem o perfil para o visto solicitado, se seu processo não está coerente com aquele tipo de pedido, muito provavelmente seu pedido cairá em exigência e nem sempre conseguirá justificar, o que levará a ser negado.

Enviar documentação errada ou incompleta no pedido de visto para Portugal

Outro fator recorrente é o envio de documentos errados. Se você chegar a fazer isso, nem sempre conseguirá reverter o erro.

Pode ser que caia em exigência, você troque e justifique, mas se não derem esta oportunidade, reverter uma notificação de indeferimento pode ser mais complicado.

Por isso, sempre verifique a lista atualizada dos documentos no site da VFS Global e confira mais de uma vez, se for preciso.

Peça ajuda de outra pessoa para checar se está tudo correto. 

Na nossa assessoria, por exemplo, sempre conferimos cuidadosamente todos os documentos em detalhes, na equipe e com o cliente, porque acreditamos que isso faz toda a diferença no processo. 

São pequenas coisas que podem atrapalhar a concessão do visto. Tudo deve estar em conformidade para que você não caia em exigências que atrasam todo o processo.

Errar etapas do pedido do visto para Portugal

Os vistos passam por processos diferentes. Se você errar em uma das etapas ou se fizer uma e deixar a outra para trás, seu visto pode ser negado. 

No caso do visto de empreendedor, por exemplo, uma etapa é feita em Portugal e outra no Brasil. E a que é feita em Portugal é extensa e composta de várias outras etapas.

É fundamental que você siga a ordem delas corretamente. 

Isso também pode acontecer com o visto de estudante. Se você não estiver matriculado em uma instituição de ensino superior, como vai pedir esse visto sem a carta de aceite? 

Então, entenda as etapas do visto que você escolheu e siga cada uma corretamente.

Não comprovar a capacidade de financeira

Não comprovar a capacidade financeira ou que dispõe de meios de subsistência pode ser motivo mais do que suficiente para Portugal indeferir seu pedido em alguns vistos. 

Entenda que você deve: 

  • Provar que tem recursos suficientes;
  • Em alguns vistos, fazer um depósito em Portugal;
  • Apresentar uma reserva suficiente no valor que exigem para você e sua família.

Além disso, você ainda deverá comprovar de onde vem o dinheiro.

Se o recurso está “contadinho” em alguma das suas contas bancárias apenas para a solicitação do visto, há grandes chances deles avaliarem com mais cautela o seu pedido, cair em exigência ou quer entender qual a origem dele. 

O governo português dá preferência para rendas declaradas e claras. Quer saber de onde vem a sua reserva. Então, se você vendeu um veículo, prove que fez a venda. Se isso ocorreu com algum imóvel, confirme isso também.

Ou seja, facilite sua vida e de quem vai avaliar seu pedido. Já faça a comprovação antes mesmo de cair em exigência.

Não esclarecer o motivo pelo qual quer morar em Portugal

Não apresentar qual sua real motivação ou intenção de mudar de país, especificamente para Portugal, é mais uma das várias situações que resultam na negativa do visto a estrangeiros. 

Quer ver um exemplo? Se você vai estudar em Lisboa, mas apresenta uma carta convite de um parente que mora no Porto ou até mesmo informa que vai morar em Braga. Como vai justificar sua motivação de morar em Porto ou Braga se vai estudar em Lisboa?

Assim como para os aposentados que desejam vir para Portugal, informem sua motivação: “Estou aposentado e quero viver em um país com mais qualidade de vida, com mais segurança, por conta dos baixos índices de criminalidade, entre outros fatores”. Entende?

Apresente sua motivação ou intenção claramente e comprove. 

Dicas de cuidados que você deve ter para evitar que seu pedido de visto para Portugal seja negado

Já falei aqui os principais motivos que levam ao indeferimento do pedido de visto para Portugal.

Agora, vou te dar algumas rápidas dicas que vão te ajudar a ter sucesso no seu pedido de visto:

  • Fazer todo o processo com calma;
  • Analisar o processo;
  • Verificar os documentos várias vezes e quantas forem necessárias;
  • Avaliar cada detalhe para ver se você é coerente com o pedido;
  • Não dar entrada no pedido de visto se não tiver segurança;
  • Buscar ajuda profissional se entender que não está preparado para fazer o pedido sozinho.

Estes são alguns dos cuidados que você deve ter para não se afastar do seu sonho de morar em Portugal. 

Até porque o pedido de visto requer investimento de tempo, energia, emoção e dinheiro com pagamento de taxas e documentos.

A minha grande recomendação é que você se pergunte: “Eu aprovaria meu visto?”. Se coloque no lugar da pessoa que fará a análise do seu pedido. Essa solicitação está clara? A motivação está coerente? A subsistência está comprovada? Não falta documento? Não esqueceu alguma informação? 

Seja muito sincero com você mesmo. Se achar que está faltando algo, não envie. Mas, se considera que o pedido está completo e que você, na condição de avaliador, iria deferir, envie. 

Para conhecer o passo a passo para solicitar seu visto para Portugal sem erro, veja este vídeo que gravei para o meu Canal Edilene Gualberto em Portugal. Aproveita e já se inscreve para não perder nada.

Contar com assessoria especializada para emissão do seu visto te ajudará a ganhar tempo e economizar com o pagamento de taxas e custos desnecessários.

Até a próxima,

Edilene Gualberto


Você também pode gostar

Trabalhar em Portugal: principais setores e como se preparar

Trabalhar em Portugal: principais setores e como se preparar

O artigo trabalhar em Portugal vai te ajudar a conhecer todas as etapas de preparação, desde o visto até dicas…

LER ARTIGO COMPLETO
Comprar casa em Portugal: passo a passo para brasileiros

Comprar casa em Portugal: passo a passo para brasileiros

O artigo mostra com detalhes o passo a passo para quem tem interesse em comprar casa em Portugal, desde a…

LER ARTIGO COMPLETO
Conheça o visto de trabalho em Portugal

Conheça o visto de trabalho em Portugal

Se você deseja morar e trabalhar em Portugal, o visto de trabalho pode ser o ideal. Também é chamado de…

LER ARTIGO COMPLETO